Um batismo ocorrido na capela Real de Nossa Senhora da Nazareth e a referência à Freguesia dos Mártires (Lisboa)

« Aos vinte e sete dias de Agosto de mil oito centos e trinta e cinco, em a Capella Real de Nossa Senhora [da] Nazareth, com as devidas licenças de Sua Emminencia, e da Administração, baptizei solemnemente [sic] a Joaquim, que nasceo a vinte e oito de Julho do dito anno, filho legitimo de José Maria de Oliveira Nazareth, baptizado n’esta Freguezia, e de Dona Maria Izabel da Fonseca de Oliveira Nazareth, sua segunda mulher, baptizada e recebidos na Freguezia de Nossa Senhora dos Martyres, da Cidade de Lisboa. neto paterno de Joaquim António d’Oliveira Pulla, e de Dona Maria Joaquina d’Abreo, do Sitio de Nazareth desta Freguezia, e materno de Custódio Joze da Fonseca,e Dona Maria da Victoria da Fonseca da Cidade de Lisboa. Padrinho José Maria Pimenta, da Cidade de Lisboa, tocou por elle o Padre José Marques Carepa, do dito Sitio de Nazareth; madrinha Nossa Senhora da Nazareth, tocou com prenda Jozé António Ferreira d’Abreo, do dito Sitio […]»*
*ADLRA – Livro de Baptismos, Freguesia da Pederneira, 1835, f. 51.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *