Óbito de Dona Bernarda da Silva, filha de Nuno de Brito Allão

O nosso amigo José Eduardo Lopes Coutinho, investigador destas coisas da história, dá-nos o prazer de ter descoberto um registo que tem vários motivos de interesse.
Desses, notamos a descrição muito elaborada do local onde foi sepultada a falecida, iniciando-se a peregrinação pela arquitectura do edifício que permite uma “visualização” do espaço, assim como a iconografia ali existente.
Trata-se, portanto e sem grandes análises que a leitura do documento permite, de um contributo que agradecemos e que muito valoriza este singelo espaço de leitura e divulgação de factos históricos relacionados,directa e indirectamente,com o Concelho da Nazaré.


Aos noue dias do mês de Maio dia da segunda ladainha q. foi da hera de mil e seis centos e satenta e tres 673 faleçeo Dona Bernarda da Silva filha de Nuno de brito Allão e de dona Maria da Silva da quinta da cavalarisa desta freg.aias sepultada na Igr.a junto e peguado ao degrau de sima lha [?] querendo entrar pa. dentro do arco da capella mor as primeiras sepulturas q. estão iunto aodito arco da capella mor q. consta estarem quatro sepulturas em Direitura comesando a contar do Altar do Spirito Sancto thé hir entestar na testeira do Altar de Santo Anto. he asua sepultura a segunda q. comesa do Altar do Spirito Sancto logo iunto e peguada a sepultura de minha mai q. Deus [«Ds»] tem q. he a primeira sepultura q. está iunta a testeira do dito Altar do Spirito St.o Sua mai Dona Ma. da Silua lhe mandou agmentar o mês e fazer oofficio de Corpo prezente de noue Lissõens e acompanhamto. de padres ao enterro este asento auia ser lansado as folhas sincoenta e quatro deste ao numero duzentos euinte duas pessoas defuntas de meu tempo foi desatento e inaduirtençia portanto o lansei nesta pagina e laude folhas sincoenta e outo numero duzentas e trinta e por uerdade de tudo fis este asento q. asinei noue de maio de mil e seis centos e satenta e tres I673.
Vigro. Anto De Moura Ferrão

[Na margem do assento:]
Quinta da Caualarisa, Dona Bda. da Silua. Augmentouçelhe mês e feçe o offo. de Corpo prez.te. Vigr.o Moura


 Naõ se achou nesta sepultuta mais q. huã caueira e ossos de huma só pessoa q. diserão ser de huã tia q. foi do p.e An.to de Souza da v.ada pedernr.a

Transcrição: José Eduardo Coutinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *