O seu a seu dono

Não se pode ver uma foto com o mar, a praia e mulheres vestidas de preto e/ou pescadores com camisas às riscas e num instante assumimos que é, com toda a certeza, mais um momento glorificado, e na fotografia eternizado, por algum fotógrafo cuja assinatura muitas das vezes não se encontra inscrita nas fotos.
Assim, uma das imagens que tem criado alguma confusão nas redes sociais é a que se apresenta.
Estão nessa foto todos os ingredientes que permitem alocá-la à Nazaré. Mas, na realidade, não é na Nazaré, assim como também não é da autoria de Cartier-Bresson – a quem muitas pessoas têm atribuído a autoria – mas de um fotógrafo, de seu nome Shirin Neshat.
Shirin Neshat é um fotógrafo Iraniano, nascido em 1957 que, segundo a informação no site que abaixo indicamos, vive e trabalha em Nova Iorque.
A foto em causa tem como título Rapture e tem a data de 1999.
Não é caso único o desta foto, muito mais existe no que respeita a colocar fotos com referências erradas e, mais importante, tirar fotos a fotos, publicá-las nas redes sociais e não ter a preocupação de fazer referência ao local e, mais importante, ao autor da foto original.
Trata-se de uma obrigação legal que deve ser cumprida por todos, por forma a não induzir em erro os “visualizadores” menos atentos. Isto, no que à autoria diz respeito.
No entanto, sempre se dirá que esta foto, por exemplo, funciona como um excelente testemunho de eventuais influências externas no traje de luto da Nazaré, assim como de outros locais de Portugal, para ficarmos por aqui,

Site sobre Shirin Neshat:
https://www.gladstonegallery.com/artist/shirin-neshat/work-detail/591/em-rapture-em (acedido em 29/01/2020).

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *