De Figueiró dos Vinhos – empregado no correio (1897)

«Aos trez dias do mez de Janeiro do anno de mil oitocentos e noventa e sete, no Sitio da Nazareth desta freguesia de Santa Maria das Arêas da Pederneira, concelho d’Alcobaça, Patriachado de Lisboa, ás onze horas da noite falleceu tendo sido so ungido, um individuo do sexo masculino por nome Francisco Teixeira de Araujo, d’edade de sessenta e quatro annos, cazado com Maria do Livramento Remigia, empregado do Correio, residente no mesmo Sitio da Nazareth, natural da freguesia de Figueiró dos Vinhos; Ignora-se a filiação. Não deixou filhos; não consta ter feito testamento; e foi sepultado no cemiterio publico desta Parochia. E para constar lavrei em duplicado este assento que assignei. Era ut supra.
O parocho José Pereira Garcia»*
*ADLRA – Livro de Registo de Óbitos da Freguesia da Pederneira, 1897, f.1.

2 replies on “De Figueiró dos Vinhos – empregado no correio (1897)”

encontram-se nestes livros referências curiosas a profissões, nos de Alfeizerão destacaria os almocreves e os barbeiros-sangradores e, por ter encontrado apenas uma única referência, o marnoteiro (numa terra que teve salinas, e prósperas, até datas relativamente recentes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *