Adenda à Memória Paroquial da Pederneira

Em Setembro do ano passado (2017) publicámos aqui as Memórias Paroquiais da Pederneira, datadas de 1 de Julho de 1759, assinadas pelo vigário Ignácio Barboza de Sá. Esse documento (as perguntas e as obrigatórias respostas) denota um claro, e inequívoco, propósito.  O conhecimento/descrição do território, o número de habitantes que por ali viviam/habitavam, trabalhavam, entre outros assuntos, como o número e as condições de conservação dos espaços eclesiásticos e por aí adiante. Na resposta Nº 20, para o caso da Pederneira, o vigário responde que “não houve ruína alguma e que só foi aterra a torre do relógio do Paço do Concelho". Isto como consequência do terramoto de 1755. Nada refere sobre o eventual falecimento de alguma pessoa, nem a ruína de alguma outra casa, sem ser as de tipologia eclesiástica ou administrativa, conforme se infere na resposta ao quesito. É, também, certo que as respostas foram dadas, para o…

2 Comments

Memórias Paroquiais – Famalicão

Inscrição da Freguezia de Famalicão Fica este lugar, e freguezia de Famalicão na Estremadura, e patriarcchado de Lisboa comarca da cidade de Leiria. Pertence o dito lugar a dous termos; ao da villa de Alfeizerão, e ao da villa da Pederneira. Da estrada para baixo que medea o dito lugar, e freguezia, he termo da villa de Alfeizerão, a que chamão Famalicão de Baixo; e da dita estrada para cima he do termo da villa da Pederneira; mas hum, e outro termo freguez, e sogeito á parochial de Nossa Senhora da Vitoria deste lugar; advertindo porem que esta igreja foi antigamenta anexa a duas freguezias; o saber; os freguezes do termo de Famalicão de Baixo erão sogeitos á parochial da villa de Alfeizerão, e os do termo de Famalicão de Cima, á da villa da Pederneira; atendendo outrosim os antigos á larga e extença distancia que medea deste lugar a húa,…

0 Comments