Morte por atropelamento nas Festas de Nossa Senhora da Nazaré!!!

"Aos dezasseis dias do mes de Setembro de mil oito centos e quarenta annos no Hospital da Misericordia desta villa da Pederneira, faleceu com os Sacramentos Luis [sic] adolescente, filho de João Fernandes, e Maria Joaquina do Cazal dos Fragosos, Freguezia de S. Thiago Maior* da villa de Evora, o qual tinha vindo as Festas de Nossa Senhora de Nazareth, em cujo Sitio em a noite de doze para treze do corrente, consta; que fora atropelado por grande multidao de gente e pedras, que chairão do corrimão das varandas do Palacio da mesma Senhora, de q[ue] resultou o ser conduzido na manha do dia treze p.ª este dito Hospital em hum carro, vindo mt.º mal tratado em imminente perigo de vida, a qual perdeu no predito dia dezasseis, quasi ao põr do sol, e no dia dezassete foi aberto pelo cirurgião, sepultado no cemitério, de que tudo fis este assento,…

0 Comments

E por altura das Festas em Honra de Nossa Senhora da Nazaré…

São muitos os registos que mencionam as Festas em Honra de N.ª S.ª da Nazaré.  Muitos deles relatam acontecimentos menos felizes, situações de pessoas que, vindo em romaria, acabariam por falecer e por aqui eram sepultadas. Este é um dos muitos exemplos: «Aos quatorze dias do mez de Setembro de mil oito centos trinta, e nove annos em o Sitio de Nossa Senhora da Nazareth, desta Freguesia de Nossa Senhora das Areas da Villa da Pederneira, faleceu sem Sacramentos, por não darem parte, Ignácio Carvalho trabalhador, Marido de Eugénia Maria, do lugar de Trancoso, das vizinhanças de Runa Freguesia de S. João dos Montes, deste Patriarcado de Lisboa, o qual tinha vindo de Romaria a Nossa Senhora, o qual, digo a Nossa Senhora e no caminho adoeceu de infermidade, de que faleceu em a noite de treze p.ª quatorze do d.º em cujo dia foi seu corpo sepultado no Cemiterio,…

2 Comments