Embarcações com os nomes de “Nazaré”, “Santa Maria da Nazaré” e “Nossa Senhora da Nazaré”, segundo uma recolha de Quirino da Fonseca

Caravela redonda do séc. XVII (de um quadro do Santuário de N.ª  S.ª  da Nazaré) * O contributo de Quirino da Fonseca para o conhecimento das embarcações com invocação a Nossa Senhora da Nazaré[1] * Século XIV «Séc. XIV – Reinado de D. Pedro I e D. Fernando I (1357 a 1383) No reinado de D. Fernando I, época em que já vemos bastantes naus prestando serviço entre…

Continue Reading Embarcações com os nomes de “Nazaré”, “Santa Maria da Nazaré” e “Nossa Senhora da Nazaré”, segundo uma recolha de Quirino da Fonseca

O “BAPTISMO DO PRÍNCIPE DE DONGO” (Angola) e a referência à Igreja de Nossa Senhora de Nazareth, à Pederneira e ao Forte

BAPTISMO DO PRÍNCIPE DE DONGO [1] (1-5-1674) SUMARIO- Como o Príncipe D. Filipe, filho do Rei desbaratado do Dongo, veio prisioneiro para Alcobaça e ali foi baptizado no dia 1 de Maio de 1674, sendo padrinho o D. Abade Geral, na presença de todo o convento. Segunda feira vinte & noue de Mayo de 1673, entrou em este Real Mosteiro de Alcobaça o Princepe negro chamado…

Continue Reading O “BAPTISMO DO PRÍNCIPE DE DONGO” (Angola) e a referência à Igreja de Nossa Senhora de Nazareth, à Pederneira e ao Forte

End of content

No more pages to load